Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Reorganiza

Reorganiza

As Coisas Estão A Melhorar?

por Reorganiza, em 01.09.15

As-Coisas-Estão-A-Melhorar.jpg

 

Nos últimos meses temos conhecimento de muitas notícias em torno da evolução da economia e da confiança dos agentes económicos. No entanto, em época de eleições, somos confundidos com tanto número e tanta interpretação tão diferente. Neste contexto, como definir o futuro financeiro? Como tomar decisões? Este artigo procura trazer algumas luzes sobre esta discussão.

 

Assuma Sempre Muita Prudência

 

Quer o futuro seja mais ou menos risonho não perdemos nada em assumir uma postura de prudência. E em finanças pessoais esta postura de prudência passa por ter um grande controlo sobre o dinheiro e sobre o orçamento familiar e guardar sempre uma margem de segurança para as decisões que tomamos.

 

Se falamos de crédito, deveremos pensar várias vezes se precisamos de fazer determinada despesa e se temos alternativas que nos ajudem a não pedir dinheiro emprestado. Nunca esqueçamos que os créditos têm juros associados pelo que temos de os evitar a todo o custo.

 

As Coisas Estão Melhores… Mas Somos Nós Que Controlamos O Nosso Destino

 

Independentemente da nossa cor política, é notório que a economia portuguesa está hoje melhor (ou menos mal) do que há 2 anos atras. Temos menos desemprego. Temos crescimento económico. E temos maiores níveis de confiança. E aqui não interessa quem tem mérito e quem é culpado. Interessa sim que podemos olhar para o futuro com outros olhos e tomar decisões financeiras sem o peso da troika.

 

Nós controlamos o nosso destino. Temos uma palavra a dizer. Pode exigir esforço mas é possível.

 

Está Na Hora De Tomar Decisões Financeiras Mais Profundas?

 

A banca está hoje mais aberta a conceder crédito. Quer falemos de crédito pessoal quer falemos de crédito habitação, é hoje mais fácil e mais barato ter acesso a dinheiro da banca. E isso é muito bom pois permite-nos reorganizar as nossas finanças. Talvez fazer um crédito consolidado ou utilizar a casa para fazer um crédito consolidado com hipoteca.

 

Em qualquer dos casos, deveremos sempre fazer um diagnóstico financeiro rigoroso e tomar decisões na posse de toda a informação. E se precisar de ajuda tem sempre a Reorganiza para lhe dar um conselho sem qualquer custo ou compromisso.

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D